Acreditando em papai noel. - Loiras



comilhas  
 

Dia 31 de dezembro, as 11h30 da noite. Uma bela loira

se aproxima de uma ponte disposta a cometer um

suicídio. Antes que consumasse o ato, eis que ela é

puxada por um velhinho simpático barbudo e de roupa

vermelha. Ele diz:


- Por favor, não faça isso!


- Me larga, Eu quero morrer!


- Uma menina bonita como você? Pelo menos me diga o

motivo.


- Esta tarde, ... SNIFF ..., meu patrão me despediu.


- Roubaram meu carro novo e quando chego em casa...

SNIFF... eu soube, que meu namorado me trocou, pela

minha melhor amiga e ainda roubou o meu dinheiro...

SNIFF... Isso é demais. Eu quero morrer!


- Calma! Eu posso ajudar você.


- SNIFF. Pode? Mas, como?


- Olha! Eu não estou disfarçado... Eu sou o Papai Noel

de verdade! Todo ano eu venho à Terra trazer

felicidade. Então, você vai pra casa; seu carro

estará em frente à sua porta; Seu namorado vai estar

sorrindo para você, e seu patrão vai lhe recontratar

e lhe dar um aumento salarial. Esse é o meu milagre

de natal.


- Que maravilha!! E como posso agradecer-lhe?


- Hum... bem... você sabe... No céu não temos de

tudo... Que tal uma chupadinha?


- O quê? Bem... Não esperava isso... Mas, como você

foi tão bonzinho, eu concordo.


Após alguns minutos de "serviço prestado", o Papai Noel

continua:


- MMM! Foi maravilhoso!! A propósito, qual a sua idade?


- Slurp... 22, por quê?


- Você tem 22 anos e ainda acredita em Papai Noel?


- Impressionante - resmunga ele e sai assoviando

satisfeito, dali.

 
  comilhas









Facebook | frases | sonhos | nomes | frases poderosas | proverbios | curiosidades | DMCA.com Protection Status política de privacidade |
© 2001-2022 sergeicartoons.com