Azarado - Bebados



comilhas  
 

Bar de periferia. Muitos fregueses bebendo. Valentão entra. Chega-se ao balcão e pede uma dose. Segura o copo e grita bem alto:

-Cambada de filho da puta! Prestem atenção! Quando eu bebo ninguém mais bebe!

Saca dois berros e faz vários disparos ao teto. Todos saem correndo. Menos um sujeitinho baixinho,sentado no canto mais distante do balcão,um copo cheio à frente. O valentão se aproxima dele. Encosta-lhe o trabuco à cabeça. Berra-lhe:

-Não me ouviu,filho da mãe? Quando eu bebo,ninguém mais bebe! Pega o copo do baixinho e bebe tudo. Então,o baixinho põe-se a chorar alto,gritando:

-Minha casa pegou fogo! Minha mulher me trai! Minha filha é puta! Meu filho é bicha! E agora este desgraçado bebe meu veneno!

 
  comilhas









Google+ | Facebook | politica de privacidade |
© 2001-2015 sergeicartoons.com