O trato - Japones



comilhas  
 

Ao completar vinte e oito anos, um japonês resolve casar, contudo não consegue encontrar mulher no Japão.

Quando comenta sua vontade com um amigo, ele lhe dá uma idéia, porque não vai ao Brasil e se casa por lá, dizem que as Brasileiras são lindas.

O japonês não teve dúvida, pegou um vôo direto para o Rio.

Ao chegar informou-se onde poderia encontrar belas mulheres e foi parar num prostibulo, lá foi falar com uma puta.

(Japa) Quero uma mulher.

(Puta) Temos pra todo gosto, o que você prefere ?

(Japa) Quero uma pra casa.


a puta achando graça do japonês disse que ele estava no lugar errado, que ali só haviam garotas de programa.

O japonês olhando para o interior do prostibulo avistou uma garota linda, 16 anos de idade e ficou apaixonado.

(Japa) E aquela menina, quem é ?

A puta nervosa responde.

(Puta) Essa não é pro seu bico, é minha filha e ela não é da vida.

(Japa) no no senhora, entenda que japonês, quer coisa séria, japonês quer casar, tem dinheiro, eu querer namorar com sua filha.

A puta sem entender bem a situação, acabou cedendo ao pedido do japonês, e permitiu o namoro,

logo no primeiro encontro da mocinha com o japonês a mãe da menina a orienta.

(puta) filha, preste atenção, não caia na lábia desse japonês, prometa não fazer nada de errado com esse japonês.

(menina) tudo bem mãe.

Então o japonês leva a menina ao cinema, paga uma bebida e mais tarde a leva para o motel.

A menina se lembra das palavras da mãe e não permite que o japonês avance o sinal.

(menina) porque me trouxe aqui?

(Japa) japonês quer coisa séria, gosta de você, querer casar, namorar...

(menina) não podemos namorar, prometi a minha mãe...

(Japa) mas japonês querer coisa séria, vamos namorar só um pouquinho...

(menina) olha, além de ter prometido a minha mãe, eu também tenho medo, nunca namorei antes...

O japonês fica mais excitado, ao saber que a menina é virgem e resolve fazer um acordo.

(Japa) olha, vamos fazer o seguinte, agente vai namorando, e prometo colocar só a cabecinha...

A menina curiosa e louca para ter a primeira experiência sexual resolve aceitar

(menina)tá bom, mas só coloca um pouquinho

E lá foram eles, beijinho na nuca, beijo de língua, e o japonês arranca a calcinha da menina... o japa não segura a barra, e coloca tudo o que tem direito.

A menina gostando de todo aquele acédio também não se aguenta e diz:

(menina) ai amor, vai coloca tudo...

(Japa) não. trato é trato.

 
  comilhas









Facebook | frases | sonhos | nomes | frases poderosas | proverbios | curiosidades | DMCA.com Protection Status política de privacidade |
© 2001-2022 sergeicartoons.com