Uma história muito triste - Outras



comilhas  
 

Meu leitor, minha leitora, se prepare para o que vai ler, pois essa história não é bonita, e você pode se ofender! Tudo começou num barzinho pequeno, mas sofisticado, onde toda vez que fui só, sempre voltei acompanhado! Eu já tinha bebido umas cinco, quando a vi sozinha numa mesa, tinha cabelos louros, olhos azuis, e o corpo era uma beleza! Usava um vestido preto, com um decote muito ousado, as costas ficavam de fora, e havia uma abertura do lado! Fiquei olhando para ela, como se a noite não tivesse fim, de repente nossos olhos se cruzam e ela sorri para mm! Olhando para os lábios carnudos, já comecei a pensar bobagem, entornei o copo de uísque, pois, precisava criar coragem! Levantei-me da banqueta e decidido, caminhei até a mesa, com os passos de um felino, para cercar minha presa! Parei diante dela acabrunhado, sem saber o que falar, com um gesto magnânimo, ela convidou-me a sentar! A conversa correu solta, e eu não parva de olhar, para o decote apertado, donde os seios queriam saltar! Quando começou a madrugada, eu já bastante embriagado, colei minhas coxas na dela, e dei-lhe um abraço apertado! Ao sentir as costas nuas, estremeci de satisfação, senti o meu pau se erguendo, pronto para entrar em ação! Segurando aquele queixo redondo, beijei os lábios daquela felina, e ao sentir sua língua quente, disparou minha adrenalina! Sem mais poder me conter, convencido de que iria aceitar, convidei-a para um motel, para a brincadeira começar! Ela olhou-me sem espanto sem se fazer de rogada, e num doce murmúrio, disse: "Eu topo essa parada!" Mal entramos no quarto do motel, ainda vestida, ela me começou a beijar, em seguida, tirou o meu pau para fora, e avidamente começou a me chupar! Ela possuía uma boca treinada, que mais parecia um furacão, logo pedi a ela que parasse, pois já não agüentava de tesão! Depois ela tirou a minha roupa, e começou a fazer-me uma massagem, naquelas mãos delicadas e experientes, viajei pelo reino da sacanagem! Quando eu estava a ponto de bala, ela levantou-se com leveza, começou a tirar o vestido e disse: "Vou te fazer uma surpresa!" Sensualmente começou a dançar, mexendo com o corpinho esguio, brincando com o vestido no corpo, até que por fim ele caiu! Meus olhos se arregalaram, quando ela tirou o corpete, pois do lugar de uma xana peluda, estendia-se um enorme cacetete! Criado numa família de gaúchos, e carregando a fama de machão, fiquei algum tempo pensando, como resolver aquela situação! No principio eu queria ir embora, fiz até menção de me levantar, mas logo ela me convenceu, de que eu deveria ao menos experimentar! Prostada de 4 na cama, o olhar convidativo a me sorrir, ao ver aquela bunda perfeita empinada, eu não pude resistir! Embevecido pelo desejo incontido, e afetado pelo efeito da bebida, tive a impressão de que naquela noite, eu daria a melhor foda da minha vida! Quando satisfeito, caí adormecido, e o relógio já diziam que eram três, Ela cochichou no meu ouvido: "Vire-se, querido, agora é a minha vez!"

 
  comilhas









Facebook | frases | sonhos | nomes | frases poderosas | proverbios | curiosidades | DMCA.com Protection Status política de privacidade |
© 2001-2022 sergeicartoons.com