A outra - Adultas



comilhas  
 

Fazia já alguns meses que ele tinha outra, dezessete

aninhos, a encarnação da perfeição, um tesão de

garota, filet, tudo durinho, os mais lindos peitinhos

DO MUNDO, coxas generosas, barriguinha zero e a

bunda!!?? Que bunda, muitas vezes ele mal encostava e

ai já era tarde, gosava só de imaginar que aquilo tudo

era pra ele.


Mas o problema era como acabar um casamento de 22

anos. Sua esposa era um doce de pessoa, tinham três

filhos… Essa angustia estava lhe tirando o sono. Foi

aí que um belo dia, almoçando com um amigo…


Ele– …e é isso Alberto, não sei como falar pra ela,

afinal são 22 anos e ela não fez nada de errado, pelo

contrário, é um doce, bla, bla, bla…


Alberto– Rapaz, a sugestão que te dou, já que tu não

queres ser tão duro com ela, é que tu deixe para dar a

notícia, no momento em que isso possa causar o MENOR

IMPACTO POSSIVEL. Tas me entendendo? Numa trepada, por

exemplo, na hora em que ela for gozar, tu fala, assim

de sopetão. "Eu tenho outra". Nesse momento lá, ela

está tão absorvida pela gozada, que quando ela se der

conta, o ápice do momento já passou e isso vai afetá–

la menos, entendeu?


Ele– Cara, você é um gênio! Porra! Está perfeito,

amanhã mesmo eu executo esse plano.


E assim foi, ele preparou um senhor jantar. Luz de

velas, lagostas, camarões Vila Franca, vinho branco

francês, Champagne, Caviar, mandou os meninos para a

casa da avó, contratou um trio de violinos, etc. No

final da noite os dois foram pra cama, a coroa ainda

era bonitona e naquela camisolinha de seda tava um

tesãozinho.


Chupadas mútuas, sussurros no ouvido, deu–se início à

longa série de posições e penetrações. Kama Sutra

junto, parecia história de Chapeuzinho Vermelho. Era

vara, meu velho. A dupla estava instigada. Findou que

ela ficou de quatro na beira da cama e ele de pé, por

trás descendo–lhe o cacete. A mulher estava alucinada,

estava se formando o maior orgasmo de sua vida, era

certo que esse ia ser "o foda".


Ela gritava "empurra tudo seu tarado" e o cara ia se

animando e mandando bala. Ela dizia "me foooooode" e

ele mandando ver. Nisso os dois começam a entrar em

sincronia e ele percebe que vai dar "a gozada de

sua vida" e aí se prepara para dar a notícia. Só tá

esperando pra ela começar a gozar.


Ela (grita) " ai, ta chegaaaaaaaaandoooooooooooo",

"uuuuuuuuuiiiiiiiiii é muito bom" Ele, atrás dela,

(pensa) "tome ferro, danada" Ela (URRA) " AI EU

VOU GOZAAAAAAAAAR" Nessa hora ele entrando em transe

diz "EU TENHO OUTRA, EU TENHO OUTRA" e ela responde

"TA DANAAAAADO, ENTÃO ENFIA NO CUUUUUUUUU."

 
  comilhas









Google+ | Facebook | frases | sonhos DMCA.com Protection Status política de privacidade |
© 2001-2015 sergeicartoons.com